sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Seguindo...


Não entrega a tua felicidade a ninguém,
Entendi isso quando na ânsia de amar, o fiz.
E a dor cobriu uma
alegria que guardava nos olhos.
O coração fragiliza, o corpo machuca.
Quando não se pode olhar nos olhos de quem se quer,
por qualquer motivo.
Quando não se pode tocar, falar
o sentimento deve ser findado.
E nessa tentativa que seguir se tornou obrigação.
Quando o querer se aproxima da loucura,
apaixonar-se se transforma em dor.

Um comentário:

  1. Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Tempo agradável, Harmonioso e com Sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito Simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Um abraço e fique com DEUS.

    http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

    ResponderExcluir